o blogue de danielpc

Bicicletada, uma forma saudável de manifestação

(lusa)

Aqui está uma imagem perfeita duma manifestação dos tempos modernos, típica da cultura do automovel!

O manifestante não precisa sair do conforto do seu carro. Leva a mão pelo vidro entreaberto para mostrar o que parece ser uma buzina de ar comprimido. Talvez porque a buzina do próprio carro não faça barulho que chegue. Podem ver-se na lata os simbolos a indicar os produtos tóxicos que contem! Depois de vazar para a atmosfera os gazes nocivos a buzina descartavel não serve para nada e vai para o lixo...

Poder-se ia dizer que isso é nocivo para a saúde pública, tal como andarem a desfilar de carro pela cidade, não muito diferente da maneira que provavelmente fazem todos os dias para ir e voltar do trabalho... Mas isso é um assunto completamente alheio . E o facto de serem profissionais da saúde também é irrelevante!

Acção 350 no Porto

O GAIA, no Porto, organizou uma acção simbolica no dia 23, com uma bicicletada especial. Queremos respirar um ar mais puro. Os níveis de CO2 na atmosfera estão a debilitar o planeta e o nosso bem estar e qualidade de vida.

Esta acção está inserida no contexto do movimento internacional 350, http://www.350.org/

A bicicleta foi o meio escolhido para alertar para as questões das alterações climáticas porque é uma das alternativas de transporte não poluentes, já que os carros são dos maiores contribuidores para o aumento da concentração de CO2.
A chuva não impediu os ciclistas, que começaram por concentrar-se nos leões a partir das 18h. As 18h30 partiram e no fim parou-se na praça D.João I onde, com as bicicletas, desenhou-se o numero 350!


Resultados da primeira Corrida Intermodal do Porto

No dia 22 de Setembro, o "Dia Sem Carros", deu-se a primeira corrida intermodal no Porto, organizada pelo GAIA.

Inicialmente estavam previstos quatro concorrentes: Bicicleta, Carro, Transporte Público e A pé. Depois foram acrescentados mais dois: a Mota e a combinação Bicicleta+Metro.

Os participantes reuniram-se no local de partida, a rua Antonio Bernardino Almeida em frente ao Instituto Português de Oncologia. O início estava previsto para as 18h mas foi adiado devido ao atraso do concorrente Carro. Este ainda teve que estacionar a sua viatura num local adequado e dirigir-se a pé para o local de partida, segundo as regras do concurso.

A partida deu-se as 18h15.

Os concorrentes Bicicleta e Mota partiram com os seus veículos directamente do local, pois os tinham consigo. Isso pareceu adequado para a Bicicleta, embora duvidoso no caso da Mota.

Conteúdo sindicado