Bicla Eléctrica

O seguinte vídeo mostra um motor eléctrico para bicicletas que serve também de gerador, permitindo carregar a bateria quando se faz uma travagem ou opcionalmente, quando se pedala.


O motor, bateria e a consola de controle são vendidos num kit para instalação, permitindo transformar a maior parte das bicicletas em bicicletas eléctricas. Link para a página do fabricante: http://www.bionx.ca/

Poema

Redescubro, contigo, o pedalar eufórico
pelo caminho que a seu tempo se desdobra,
recolhendo os beirais - eu que era um teórico
do ar livre - e revendo o passarame à obra.

Avivento, contigo, o coração, já lânguido
das quatro soníferas redondas almofadas
sobre as quais me entangui e bocejei, num trânsito
de corpos em corrida, mas de almas paradas.

Ó ágil e frágil bicicleta andarilha.
ó tubular engonço, ó vaca e andorinha,
ó menina travessa da escola fugida,
ó possuída brincadeira, ó querida filha,

dá-me asas - trrrim! trrrim! - pra que eu possa traçar
no quotidiano asfalto um oito exemplar !

Alexandre O'Neill; "Elogio Barroco da Bicicleta" in A Saca de Orelhas, 1979

Pedalar para tornar Lisboa Climate Neutral até 2020!!!

O Filipe Alves lança um grande desafio a todos os ciclistas portugueses (em especial àqueles que dresbravam a acidentada capital), saibam mais aqui.

Bicicletada/Massa Crítica no Porto - Fevereiro 2008

Segundo o Daniel Carvalho na Mailing list do Porto

«parece que sou novamente o escolhido para fazer o relato...
No dia 29 de fevereiro de 2008 realizou-se mais uma bicicletada no Porto. Estiveram presentes OITO ciclistas.
O trajecto foi:
Partimos da Praça dos Leões, como habitual Atravessamos o jardim da Cordoaria, Rua dr Tiago de Almeida e rua de D. Manuel II.Descemos a rua Julio Dinis e viramos para a rua do Campo Alegre. Voltamos a virar na rua Gonçalo Sampaio. Fizemos uma paragem em frente ao shopping Cidade do Porto para distribuir panfletos. Uma volta na rotunda da Boavista, com mais uma paragem na Casa da Música. Rua da Boavista
Rua dr Carlos Cal Brandão. Passamos em frente ao liceu Rodrigo de Freitas, rua que não sei o nome (nem o google maps),Rua de Álvares Cabral, Rua de Cedofeita
De volta ao ponto de partida!
Ou seja, o percurso do costume...
Resta dizer que esta foi uma bicicletada muito agradável porque teve a maior participação feminina de sempre!
até breve, daniel»

Bicicletada/Massa Crítica em Aveiro - Fevereiro de 2008

Participaram três pessoas, duas delas pela primeira vez. Fizemos um percurso com a intenção de descobrir, experimentar, algumas das ciclovias existentes na cidade. Falámos também sobre algumas regras de trânsito e modos aconselhados de circulação na estrada, para assegurarmos a nossa segurança.

Bicicletada/Massa Crítica em Lisboa - Fevereiro de 2008


Segundo uma mensagem escrita pelo Tiago Carvalho, participaram 32 pessoas e o percurso foi de +- 10km.

Mais fotos aqui.

Bicicletada/Massa Crítica em Coimbra - Fevereiro de 2008

Fomos 6...distribuímos folhetos e «gingámos» no meio do trânsito em hora de ponta!

Bicicletada/Massa Crítica no Porto - Janeiro de 2008

Segundo o Daniel Carvalho na mailing list do Porto (grupo da net):

«na bicicletada de 25janeiro2008 estivemos 10 fisicamente, mais 1 apenas em pensamento. estiveram lá 3 novos, pelo menos do meu ponto de vista que é o de quem não aparece sempre. (eles se calhar vão dizer que estava lá 1novo, que sou eu) saimos surpreendentemente pouco atrasados e seguimos o trajecto convencional. Demos duas voltas à rotunda da Boavista sem pausar na Casa
da Música. Isso foi bom porque normalmente o que acontecia é que com esta pausa prolongada a bicicletada acabava ali. Distribuimos panfletos e umas palavras de ordem inspiradas tais como: "Anda e não polui"
Mas a bicicletava estava pouco visivel porque não tinha posters e outros materiais importantes.
Depois voltamos ao ponto de partida e cada um sequiu o seu caminho.»

Conteúdo sindicado