bicicletas

warning: Creating default object from empty value in /home/massacri/public_html/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc on line 33.

Sevilha duplica o número de utilizadores da bicicleta na cidade

Ver mais aqui Sevilla duplica el número de usuarios de la bicicleta en la ciudad

Documentar o uso da bicicleta

O número de pessoas a circular de bicicleta num contexto utilitário e de lazer, quotidianamente, está a aumentar. :-) Já me aconteceu até ser
ultrapassada na estrada por outro bike commuter (algo quase que probabilisticamente impossível aqui há uns anos atrás). ;-) Outra coisa que tenho notado é um aumento de frequência de automobilistas que abrandam e/ou dão espaço nas ultrapassagens. Ainda há quem apite, mande vir, faça razias ou passe a abrir, mas tenho a impressão que o cenário geral está a melhorar e isso só pode ser um sinal de esperança. :-)

Na estação de comboios de Oeiras o parque de estacionamento para bicicletas está quase sempre com a lotação esgotada, e encontram-se bicicletas presas a postes e gradeamentos por todo o lado ao redor.

Barcelona quer 6.000 bicicletas de livre serviço em 2008

A cidade de Barcelona poderá alcançar a meta de 6 000 bicicletas em regime de livre serviço já na Primavera de 2008, dado o sucesso do projecto «Bicing», implementado na cidade catalã em Março passado.
Segundo avançou este fim-de-semana o jornal Le Figaro, a edilidade da capital catalã pediu ao grupo norte-americano Clear Channel uma proposta para colocar milhares bicicletas e instalar 400 estações (terminais de recolha) até ao final do 1º trimestre do próximo ano.

De acordo com o jornal, a batalha pela dinamização da utilização da bicicleta nos moldes já implementados em cidades como Paris (pelo grupo JC Decaux) e agora em Barcelona, está a intensificar-se nas cidades europeias.
Em Barcelona, o serviço promovido pela municipalidade superou todas as expectativas. Em pouco mais de três meses, o Bicing conta já com 1 500 bicicletas de livre serviço e 90 mil utilizadores que pagam 24 euros anuais pelo serviço.

Pedalada contra a precariedade

Protesto sob a forma de uma «pedalada» com 193 quilómetros;Travão aos recibos verdes:A Associação de Bolseiros de Investigação Científica e o grupo Fartos d'Estes Recibos Verdes promoveram a iniciativa «Pedalada pela Ciência». Ao todo foram 193 quilómetros montados numa bicicleta, rumo a mais um protesto contra o trabalho precário.

Ver o Blog aqui

 

Bicicletas de utilização gratuita no Porto

Os portuenses já podem andar de bicicleta de forma gratuita. Cerca de 150 veículos de duas rodas podem ser requisitados nas instalações do Complexo Desportivo do Monte Aventino(perto das Antas,em frente à praça Velasquez), das 9h às 20h, por um período máximo de seis meses.
Se quiser utilizar a bicicleta por um período não superior a 48 horas, terá apenas que entregar um documento identificativo, tal como o cartão de contribuinte, carta de condução ou passaporte!

Mais informações em
http://www.cm-porto.pt/media/448251/regulamento_pedalar.pdf

Mais pessoas de bicicleta

O que eu reparo, aqui em Coimbra, é que o uso da bicicleta é transversal a toda a sociedade, a todas as gerações...no entanto é mais raro ver o género feminino do que o masculino. Como nota geral, observo que cada vez vejo mais pessoas a andar de bicicleta, apesar de ainda não serem tantas como o desejável.

Ecovia do Algarve

Os amantes da Natureza que gostam de andar de bicicleta vão poder atravessar o Algarve a pedalar: a Ecovia do Litoral constitui o projecto-piloto que ligará o Cabo de São Vicente (Sagres) a Vila Real de Sto. António e percorrerá toda a faixa litoral meridional do Algarve numa extensão de 214 km; para mais: http://www.ecoviasalgarve.org/index.php picKm«0»da Ecovia do Algarve
Conteúdo sindicado