bicicleta

warning: Creating default object from empty value in /home/massacri/public_html/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc on line 33.

[ FORUM VELOCIPEDI@ ] Bloglines - Ciclista de 82 anos ia namorar e foi abalroado

A. Pedro Roque Oliveira escreveu

Contrastando com o tom lamechas da notícia levanto algumas interrogações que
julgo pertinentes:

.. Quantos são os homens de 82 anos que pedalam ao invés de ocuparem a cama
de um lar ou terem acabado os seus dias há muito?

.. Quantos namoram com essa idade?

.. Será que a sua morte não pode ser considerada gloriosa, apesar de tudo?


in JN
Vítima foi colhida mortalmente por uma carrinha quando ia a atravessar a
estrada
Ontem
HELENA SILVA

Jaime Grilo, residente na Guia, em Pombal, não se separava da sua bicicleta.
Pegava nela todas as tardes para visitar a mulher por quem estava apaixonado.
Esta terça-feira, não se apercebeu da carrinha que o abalroou e lhe tirou a
vida.

O acidente abalou a vizinhança do homem, de 82 anos, que já tinha sido
avisado, por diversas vezes, para deixar de andar de bicicleta. "Apesar de ser
ainda uma pessoa muito dinâmica, ele já não tinha a mesma destreza de
outrora. Estávamos sempre a avisá-lo", contou um vizinho, visivelmente

Um ciclista muito ZANGADO

Copia do email que enviei ao Provedor do Cliente do Porto de Leixões (provedor@apdl.pt). Por vezes nas minhas deambulações de bicicleta pela cidade do Porto tenho de fazer a travessia do Douro de barco até Afurada. Em tempos fiz a travessia e só pagava o bilhete correspondente a uma pessoa. Mais recentemente começaram a cobrar 1 euro por humano e outro pela bicicleta. Como geralmente uma ida implica o regresso tenho de pagar QUATRO euros para passar uns minutos na Afurada. Em Junho fiz a travessia acompanhado por duas crianças e paguei DOZE euros para passar uns quinze minutos na Afurada... Tenho reclamado junto dos funcionarios que vendem os bilhetes mas dizem sempre que se trata de uma imposição da APDL. Achei estranho tanto mais nos dias que correm todas as entidades procuram promover o uso de transportes alternativos não poluentes como a Metro do Porto e a CP que permitem o transporte gratuito das bicicletas.

A Gyrobike

 Bicicleta com giroscopio. Ajuda muito na fase de aprendizagem. zct  http://www.youtube.com/v/t9rSZ4-l3lo 

Bicicleta roubada

Vi dois miúdos (gunas) com uma Specialized Rockhopper cinzenta, de v-brakes, ontem no metro (Porto). Chamaram-me a atenção imediatamente porque a bike não tinha a roda da frente e eles falavam todos entusiasmados dela e via-se que não percebiam nada do assunto. Chegaram a falar comigo (eu estava de bike) e fizeram-me perguntas sobre a minha e se a bike que eles tinham "era de downhill". Eu fiz conversa e perguntei se tinha sido muito cara, ao que eles responderam que não lhes tinha custado nada, porque a tinham encontrado no lixo algures.

Tirei fotos sem eles notarem e resolvi deixar-me estar no Metro só para ver onde eles saíam. Saíram na paragem do Viso.

Para além desta foto, tirei mais duas. Numa delas vê-se a cara de um dos putos. Não as vou publicar, mas envio-as ao dono da bike se ele aparecer.

A bike tinha como particularidades uma pedaleira LX antiga um pouco coçada, pedais de encaixe com as plataformas de plástico encaixadas de um lado. Também reparei que o travão da frente estava ligado do lado direito e o de trás do lado esquerdo.

De bicicleta no porto

Ora viva!

Aproveito o seguinte para colocar o link do meu recente blog, que pretende acompanhar a minha também recente odisseia a pedalar :)

http://bicicletanoporto.blogspot.com/

Estão todos convidados a dar lá um salto de quando em vez..

Cumps!

 

Sérgio

Andar de bicicleta

Ao sair de casa para andar de bicicleta ultimamente escolhia a roupa, meias, luvas, sapatos, colocava o m.f.c, protector solar, óculos, capacete, escolho o bidao ou o camelbak, enchia o bidao ou o camelbak com uma mistura isotónica, escolhia barras de cereais ou gels, voltava para o quarto, pegava numa bomba, numa ferramenta, numa camara de ar, lenços de papel, telemóvel, chaves de casa, chaves da garagem, comando do portão da garagem, passava pela garagem e verificava a pressão dos pneus, verificava também que me tinha esquecido de alguma coisa ou que estava frio ou calor para a roupa que escolhi, voltava a fechar a garagem, voltava a subir, a trocar a roupa ou seja o que for que me tinha esquecido (precisaria de luzes, cadeado?), voltava a descer, finalmente saía e chegava ao destino uma meia hora atrasado.

Aprender a Andar de Bicicleta

Olá,

Já sabem que a Cenas a Pedal encontra-se prestes a iniciar um novo serviço?

Cursos de Condução de Bicicleta

Aprenda a andar de bicicleta e a circular na estrada, interagindo com o tráfego de uma forma segura e confiante.

Informação detalhada será apresentada brevemente no site da Cenas a Pedal.

Como lavar a bicicleta

Lavagem da bicicleta

A lavagem da bicicleta é uma operação sensível e que dependendo do nível de sujidade e do tipo de manutenção necessária da bicicleta pode demorar mais que o que se pode pensar à partida.

Antes do mais, em qualquer situação de lavagem regular (sem manutenção das partes lubrificadas) é de extrema importância que não se utilize nem uma mangueira com muito pressão, nem um compressor de ar (para tirar o pó, por exemplo), nem um compressor de água. A utilização destes métodos para por vezes lavar uma simples camada de pó pode resultar em posteriores falhas de equipamento que reduzem a eficácia e o conforto da bicicleta pela contaminação com poeiras e outros detritos dos locais com lubrificação, ou pela limpeza indevida dessa lubrificação.

Aqui está a Golden Gate atravessada de bicicleta!

Imagem descoberta na net pelo Rui Caldeira

Viagem Coimbra*Aveiro*Coimbra de comboio e bicla

O amigo Hao autorizou a publicação destas fotos do seu passeio. Hao é estudante universitário em Coimbra.

Conteúdo sindicado