o blogue de Casainho

Aveiro para bicicleta

Vídeo bonito. Conheço algumas dessas pessoas registadas no vídeo... e conheço da rua mesmo, porque ambos andamos de bicicleta. Por exemplo o rapaz da BMX, que costumo encontrar sempre na baixa da cidade :-)

Reconheço todas a imagens do vídeo, foram todas registadas em Aveiro... a única coisa que não está real são as cores, pois estão demasiado contrastadas.

Mas a história repete-se... no passado foram as BUGAS, e agora este vídeo do LifeCycle? Será que esse vídeo também serve só para uma campanha de marketing?

Ando todos os dias de bicicleta cá no centro de Aveiro (deslocamento para o trabalho), cada vez vejo mais pessoas a andarem de bicicleta, contudo, não há investimentos palpáveis da autarquia na bicicleta. A maioria das pessoas que andam de bicicleta, na minha opinião, fazem-no devido às dificuldades económicas e não porque a autarquia tenha criado infraestruturas que facilitem a circulação dos ciclistas em segurança.

Seja como for, esta campanha pode muito bem levar as gerações mais novas a gostar e usar a bicicleta em meio urbano.

O vídeo seguinte é uma resposta ao 1º vídeo, do LifeCycle:

A primeira bicicleta impressa em 3D

Grande avanço tecnológico, que irá permitir reduzir custos e "produzir" na hora e localmente, bicicletas à medida!!

"Engineers from the Bristol wing of the European Aeronautic Defence and Space Company (EADS) have announced the development of the first bicycle using Additive Layer Manufacturing (ALM) technology. The manufacturing process involves 'growing' the components from a fine nylon powder, similar in concept to 3D printing. Said to be as strong as steel, the end product is claimed to contain only a fraction of the source material used by traditional machining, and the process results in much less waste. It also has the potential to take manufacture to precisely where the component or product is needed, instead of being confined to factories often located a great distance away."

Actualmente já dispomos de impressoras 3D baratas e até OpenSource, que nos permitem imprimir todo o tipo de objectos em plástico com dimensões de 150x150x150mm -- vejam aqui o que os utilizadores andam a imprimir: Thingiverse

Vídeo: autarca incentiva uso da bicicleta em deslocações de serviço

Fantástico! Tenho pena é de morar em Aveiro e não na Murtosa... e posso dizer que o presidente da câmara diz a verdade, já o vi várias vezes a andar de bicicleta, na sua pasteleira ;-)

Presidente da Câmara Municipal de Murtosa, que se desloca diariamente para o trabalho em bicicleta, pôs à disposição dos funcionários oito velocípedes para pequenos trajetos- ---> Ver notícia com vídeo aqui.

Filme "Standing Start" sobre pista

Aqui está um excelente filme que vi no Bicycle Film Festival em Lisboa :-)

'Know yourself Odysseus - for a man to conquer himself is the first and noblest of all victories'

Repensar o futuro da BUGA -- Aveiro

A propósito da notícia do JN 'Bugas cheias de ferrugem esperam melhores dias'  convidamo-los a 'Repensar o futuro da BUGA'.
Convite enviado pelos Amigosd'Avenida, Aveiro: http://amigosdavenida.blogs.sapo.pt/

Obras de arte do Banksy

Há algumas obras de arte do Banksy relacionadas com a temática petróleo:

Abutre 

Pressão da plataforma

 

Será que as miúdas perceberam? será que a mãe percebeu?? :-)

E outras temáticas como o espaço ocupado pelos carros e saúde:

Ano novo, bicicleta nova :-)

Após alguns meses há procura de uma bicicleta para me deslocar na cidade de Aveiro, com guarda-lamas, suporte traseiro, protecção de corrente e roda 28, finalmente ficou disponível e consegui-a comprar no dia 31 :-)

É da marca espanhola Coluer mas com fábrica de montagem aqui perto de Aveiro, em Sangalhos. Pesa 15,3Kg. Com esta bicicleta consigo atingir 38km/h em recta.

Custou-me 455€. Pode parecer cara, mas, como andando com ela diáriamente fazendo todas as minhas deslocações, poupo 15€ por semana, sendo que ao fim de 7 meses o investimento está pago (e isto só contando com o preço da gasolina, pois o preço real que poupo é deve ser o dobro dos 15€ se contabilizar o custo do carro, seguro, manutenção, etc).

Agora que a gasolina ultrapassou os 1,5€ por litro, muito mais rápido se paga o investimento de uma bicicleta :-)

Mas uma das minhas bicicletas favoritas (um dia espero conseguir comprar), custa perto de 2000€, é uma Electra Ticino 20D:

Ler mais sobre esta bicicleta aqui.
É extremamente bonita! E como já li algures: "A vida é muito curta para se andar com uma bicicleta feia" ;-)

Esta bicicleta é mais um veículo na minha frota, que fica agora composta pelas seguintes bicicletas:

  • bicicleta fixie, muito simples e leve, para me deslocar no centro da cidade/ir para o trabalho a baixa velocidade, em dias sem chuva;
  • bicicleta de cidade (esta mesmo), para me deslocar no centro da cidade/ir para o trabalho nos dias com chuva. Para carregar pequenas cargas no suporte trazeiro.
  • bicicleta eléctrica/btt, para fazer deslocamentos mais longos com pouco esforço. Em breve espero migrar sistema eléctrico para a bicicleta de cidade e deixar de utilizar esta bicicleta.

No futuro, gostaria de adicionar à minha frota uma bicicleta dobrável Brompton :-) Já tenho uma dobrável desde há uns 4 anos, mas como é de tão baixa qualidade, pesada, difícil de dobrar/transportar dobrada e feia, apenas a utilizei durante os primeiros 2 meses - gostava de a vender/despachar-me dela pois só me ocupa espaço em casa.

Reportagem TVI -- Empresa de estafetas em bicicleta, Lisboa, Camisola Amarela

Reportagem sobre a Camisola Amarela:

11 contra 21

Recebi hoje a balança que comprei para pesar as minhas bicicletas e outros objectos. Fui logo pesar as 2 bicicletas com que mais costumo andar:


A minha fixie (quadro branco, roda laranja) que prefiro utilizar diáriamente, para ir para o trabalho aqui no centro de Aveiro, pesa 11Kg.


A minha eléctrica que montei a partir de uma bicicleta de montanha, que só utilizo 2 vezes por semana para fazer 23km seguidos, pesa 21Kg.

Porquê de pesar as bicicletas? - porque me custa elevar e descer a bicicleta eléctrica do comboio, nas 2 vezes que a utilizo por semana. Também porque me parecia (agora comprovo) uma bicicleta pesada em andamento, mesmo com sistema eléctrico esta bicileta parecer "menos ágil" do que fixie. Conclusão: a minha bicicleta eléctrico pesa quase o dobro da minha fixie, pesa mais 10Kg :-(

Estou à espera de comprar uma bicicleta nova, que sempre desejei, uma bicicleta com guarda lamas, com suporte traseiro e sem suspensão - uma bicicleta da cidade mas que seja leve! Estou com dúvidas se lhe irei a adaptar o sistema eléctrico... - preciso dessa bicicleta para ir para o trabalho em dias de chuva e também para fazer as tais 2 viagens de 23km seguidos, 2 vezes por semana.

Seja como for, eu não prefiro a bicicleta eléctrica, prefiro sim a minha fixie :-)

Conteúdo sindicado