Aviso à navegação

O site da Massa Crítica está algo lento mas não desistam que as páginas acabam por abrir. O site está em processo de atualização e simplificação (mas tal pode demorar ainda). Saúde!

Montei a minha bicicleta eléctrica -- V2.0

NOTA: Não respondo a e-mails privados sobre este assunto. Se pretenderem falar comigo sobre este assunto, escrevam um comentário a esta mensagem.

NOTA: Fiz algumas alterações a esta bicicleta em Maio de 2011 -- ver página Montei a minha bicicleta eléctrica -- V2.1. A página com informação sobre a V1.0.


Já passaram cerca de oito meses desde que montei a minha primeira bicicleta eléctrica -- V1.0. Utilizei-a constantemente durante os três primeiros meses.

Duas vezes por semana, apanhava o comboio regional "Vouguinha" em Aveiro e seguia para Águeda, transportando também a bicicleta no comboio. Umas horas mais tarde retornava para Aveiro utilizando a bicicleta, fazendo 23km. E tudo isto porque não havia e não há, comboio à noite entre Aveiro<->Águeda.

Ao longo dos meses, o comboio começou a ficar cada vez mais cheio, devido às dificuldades económicas e aumento do preço dos combustíveis. A CP emitiu uma circular interna proibindo o transporte de bicicletas nos comboios em hora de ponta e mudou também o horário dos comboios -- fiquei sem a possibilidade de levar a bicicleta no comboio.
Passei os meses seguintes a ir e vir de carro, gastando 60€ por mês só de combustível.

As minhas necessidades continuam a ser as mesmas -- deslocar-me a Águeda duas vezes por semana para participar numa aula de desporto de uma hora e meia. A deslocação, quero evitar que seja de carro para reduzir custos. Adorava fazê-la de comboio, porque é barato, porque me permitira descansar durante a viagem ou trabalhar ou ir falando com as pessoas que circulam no comboio e conheço.

Já que não é possível ir e vir de comboio (e estava a fazê-lo de carro), fiz um esforço e investimento na ideia de ir e vir de bicicleta eléctrica! As vantagens são: baixo custo por viagem (cerca de 0,1€); ajuda na DIMINUIÇÃO DA MINHA OBESIDADE; fortalecimento dos músculos e aquecimento/activação do corpo para a actividade desportiva que faço de imediato ao chegar ao meu destino, aumentando assim o meu rendimento.

Atualizações à V1.0 da minha bicicleta eléctrica

Tive de comprar uma nova bateria e acabei também por comprar um novo motor e controlador. Comprei todo o material online, numa loja chinesa: BMSBattery.com

Comprei também, numa loja local, o seguinte material: alforges; selim de gel; colete refletor e espelho retrovisor.

Bateria
Como a minha bateria anterior era de 24V 10Ah e dava para fazer os 25km, agora que precisava de fazer os 50km, decidi comprar uma bateria com 2,5 vezes mais capacidade: 24V 25Ah.
A bateria é de Li-Ion NiCoMn e é composta por 35 elementos, em configuração 5p7s. Pesa 5kg.

Comprei também um suporte para a bateria, que além da bateria, permite-me também colocar alforges e outras cargas, como se pode ver na seguinte foto:


Motor
O meu motor anterior era de 180W e para roda 26''. Sempre me pareceu que o motor poderia dar uma velocidade maior e eventualmente ter um torque (força) menor.
Decidi comprar um novo motor, desta vez de 250W e configurado para roda 16''!! Isto significa que este motor tem uma rotação muito mais elevada e resulta assim numa maior velocidade, visto que o motor tem um caixa de velocidades interna que é configurada para dar 25km/h para a roda 16''.

Fiz uns testes ao motor elétrico e registei alguns valores com o motor em vazio (roda no ar). O conta km estava configurado para a minha roda com perímetro de 2,01m (roda 26'').

  • Vin: 19,25v; Velocidade: 31,0 Km/h; RPMs: 257,0
  • Vin: 24,00v; Velocidade: 38,0 Km/h; RPMs: 315,1
  • Vin: 29,40v; Velocidade: 46,5 Km/h; RPMs: 385,6
  • Vin: 31,00v; Velocidade: 49,5 Km/h; RPMs: 410,1

O modelo do motor é: "Q85(Cute 85) 250W Front Driving Disc-Brake Hub Motor, For Wheel(rim) size: 16 - Plug" e pesa 1,9kg.

Imagem do novo motor:


Controlador

Para o novo motor, foi preciso comprar um outro controlador. Este controlador tem duas opções que o antigo não tinha: limite de velocidade e cruise control.

O limite de velocidade impõe os 25km/h (neste caso se utilizado numa roda 16'').

O cruise control permite que o utilizador descanse o seu punho e evite ter de manter o acelerador numa posição fixa. Para isso, o utilizador deve fixar o acelerador numa determinada posição durante mais de oito segundos, ao fim dos quais poderá largar o acelerador. O controlador manterá o motor à velocidade anterior. Para sair do modo cruise control, basta travar ou acelerar.

Comprei um suporte e uma garrafa, onde coloquei o controlador e respetivos fios, como mostra a imagem seguinte:

 


Acelerador de punho

Visto que previa uma velocidade mais alta que a anterior que tinha, optei por começar a utilizar um acelerador de punho, de modo a ter melhor controlo da velocidade. Com o pedalec que utilizava anteriormente, assim que começava a pedalar, o motor ligava sempre à potência/velocidade máxima, algo que eu não gostava.
Optei por comprar também um pedalec e um acelerador de dedo - são opções que posso utilizar caso venha a encontrar algum problema com a utilização do acelerador de punho.

O acelerador tem uns LED que dão uma indicação do estado da bateria, como se pode ver na imagem seguinte:

Lista material comprado na loja BMSBattery.com

  • 24V 25Ah Li-Ion Alloy Shell Battery Pack - AC Voltage : 200V~264V (em utilização)
  • EBike Carrier for Battery Pack 05 Case (em utilização)
  • Q85 250W Front Driving Disc-Brake Hub Motor, For Wheel(rim) size: 16 - Plug : Sensorless Waterproof Plug.
    Este motor tem furação para 36 raios. (em utilização)
  • Cute-85 250W Front-Driving Brushless Hub Motor for EBike, For Wheel(rim) size: 20 - Plug : Sensorless Waterproof Plug.
    Este motor tem furação para 36 raios. (não utilizado)
  • Hall Sensor/Sensorless 250Watts Brushless Hub Motor Controller (em utilização)
  • Wuxing Twist Grip Throttle with Battery Meter (em utilização)
  • Brake Grip (em utilização)
  • PAS--Pulse Padel Assistant Sensor (não utilizado)
  • Thumb Level Throttle with Battery Meter and a Switch (não utilizado)

Ligações eléctricas

O controlador veio com um esquema/indicações. Bastou-me o seguinte material para fazer a instalação: voltímetro; chaves de fenda e estrela; alicate e x-acto.

2 fios (+ e -) da bateria ligam ao controlador. Depois, 3 fios ligam o motor ao controlador.

Os travões, têm interruptores que se ligam imediatamente quando travamos (com o objectivo de desligar o motor quando travamos). Os fios dos travões ligam ao controlador, sendo que o controlador/sistema funciona sem que os travões sejam ligados.

Finalmente, o acelerador é ligado ao controlador e é necessário para accionar o motor/sistema. Este acelerador é como se fosse um potenciómetro: uma tensão de ~5 volts vem do controlador para o acelerador e o acelerador devolve ao controlador uma tensão que varia linearmente com a posição do acelerador: 0 volts com o acelerador no mínimo e ~5 volts com o acelerador no máximo.

Todas as ligações têm fichas únicas, o que evita enganos/problemas.

Primeira viagem Aveiro-->Águeda-->Aveiro

Na primeira viagem que fiz em 05.04.2011, a primeira parte de entre Aveiro-->Águeda, fiz 24.8Km em 52 minutos. A velocidade média foi de 29Km/h e a máxima de 42.6Km/h.
Nas rectas, com relativamente pouco esforço para pedalar, consegui atingir 35km/h. Em algumas delas consegui 40km/h mas já com a última mudança "esgotada".

Medi também o número de calorias que gastei, utilizando um equipamento próprio para o efeito. Gastei 450 calorias entre Aveiro-->Águeda. O meu ritmo médio de pulsações foi de 129 e o máximo de 149.
Segundo uma tabela de que disponho, o meu ritmo de pulsações ideal para queimar as gorduras, deveria estar entre 114 e 130.

A primeira viagem correu muito bem. Consegui chegar a Águeda ainda com energias disponíveis para a aula de desporto e também para regressar logo depois.

Infelizmente, a escola em Águeda onde pratico o desporto, foi uma obra recente de 11 milhões e meio de euros e não tem um único estacionamento de bicicletas!! Ao contrário, tem um grande estacionamento de carros para funcionários e professores.

Futuro

Nos próximos meses/anos, prevê-se que as dificuldades económicas serão ainda maiores do que as actuais! O custo actual da gasolina a 1,6€, deve continuar sempre a aumentar e prevê-se que dentro de 4 a 5 meses irá atingir os 1,7€.
O desemprego vai aumentar (ainda mais), os preços dos alimentos estão a aumentar, o preços dos combustíveis vão continuar a aumentar, os impostos vão aumentar (ainda mais) e finalmente, os ordenados vão diminuir.

Com estas dificuldades, prevejo que as estradas onde circulo irão ficar mais desocupadas de carros e cada vez com mais bicicletas, logo, mais seguras e agradáveis. Nos últimos meses, é notório o aumento do número de bicicletas na estrada que percorro!!!

O custo da energia eléctrica irá também aumentar, contudo, esta bicicleta eléctrica gasta muito pouca energia e o custo pela viagem será sempre relativamente baixo.

Comentários

Kits e-bike

Antes de mais, muitos parabéns ao autor deste projeto, tanto por ter tido a coragem de o fazer como por ter criado este site que está a ser muito bom para o divulgar e ajudar quem está a pensar enveredar por projetos idênticos, como é o meu caso.

Apenas gostaria de acrescentar que, após várias pesquisas, descobri uma loja em Matosinhos que aluga bicicletas eletricas e também vende os kits para quem quiser montar a sua própria e-bike.

O site desta loja é http://www.e-bike.com.pt

Embora no site digam que, por motivos legais, a velocidade das bicicletas está limitada a 25Km/h, quando me desloquei pessoalmente à loja informaram-me que estas, com aqueles kits, atingem cerca de 35km/h e têm uma autonomia de cerca de 55kms, se o ciclista for ajudando com os pedais sem fazer grande esforço.

Seja como for, os kits, se forem pagos a pronto, custam 550€ e temos uma loja que nos dá a garantia legal sobre a compra e isso, para mim, é uma vantagem enorme já que o investimento é considerável.

A desvantagem desta loja é que tem apenas um kit disponível, se se quiser um kit com mais W ou com outra voltagem, como é o caso de algumas pessoas que já comentaram neste site, eles não têm.

Como as minhas necessidades para ir trabalhar, são de fazer cerca de 17kms para cada lado, com algumas subidas, mas nada de muito acentuado, estou a pensar em adquirir um destes e, depois de fazer uma boa rodagem com ele, fazer alguns melhoramentos adquirindo peças à parte consoante as minhas necessidades.

Continuação de boas pedaladas a todos

Bicicleta Eléctrica

Boa tarde, Acompanhei toda a sua história sobre a Versão2, tenho andado com troca de emails com os nossos amigos Chineses, diga-se de passagem que são de muito poucas conversas, mas lá consegui obter alguns esclarecimentos. Mas antes de completar a encomenda, pensei em perguntar, pela sua experiência, se além do respectivo equipamento, se devo ter em atenção mais algum equipamento que deva encomendar? E qual a companhia de transportes que devo escolher? Obrigado Virgílio Ribeiro

Muitas vezes...

as bicicletas eletricas até podem dar mais que 25Km/h mas estão programadas para não ultrapassar essa velocidade por causa dos limites legais...Artº 112º/nº2 do Código da Estrada/Rua: «Velocípede com motor é o velocípede equipado com motor auxiliar eléctrico com potência máxima contínua
de 0,25 kW, cuja alimentação é reduzida progressivamente com o aumento da velocidade e interrompida se atingir a velocidade de 25 km/h, ou antes, se o ciclista deixar de pedalar.»

Parabens pelo projecto

Parabens pelo projecto. Tem uma boa maquina (bike) adequada ao trajecto que necessita habitualmente percurrer.

Uma vez que adequeriu dois motores algo semelhantes , um para roda 16" outro para roda 20", qual o resultado se tivece optado por colucar o de roda 20" ?

Será que perderia um pouco nada de velocidade de ponta mas a média final seria a mesma ?

O actual de roda 16" vai sempre em potencia maxima (punho rodado na totalidade)  todo o percurso ou por momentos vai em 50% de punho ?

Já exprimetei uma bike de marca ezee tork (roda 28) também de 250W em que fartei-me de pedalar para conseguir média de 22,5KmH também  devido ao facto do motor só puxar até aos 25KmH. Com este resultado não fiquei totalmente convencido de ser um veiculo alternativo ao carro para o percurso de 50Km que necessitava fazer. Também eu gostaria de um puco mais velocidade de ponta do motor...

 

 

questão

Sempre gostei de não ser um poluidor, por isso vou mais vezes de bike para o trabalho, mas a idade começa a ser outra. Passei por uma loja em lisboa k vende bike's electricas e pode experimentar uma fiquei apaixonado, mas não satisfeito, pq o mundo da web é capaz de mostrar bike's + baratas, descobri os vossos comentários, mas em suma sou um leigo em materia de componentes electricos ou eletronicos, por isso, se poderem continuar a postar as vossas exp. e aventuras eu agradeço e um grande abraço para todos os amantes da natureza.

Mas a minha questão é a seguinte é melhor comprar o kit para por numa bike ou a bike já com o kit montado a k eu vi e experimentei custava €598.

Kit próprio

Boas Gostava de aquirir algum material para montar uma bike mas tenho algumas dúvidas.

Esta situação será que serve para uma utilização pontual?

Bateria - 24V10Ah Li-Ion Pouco Sapo Ebike Battery Pack

Motor - Q85 24V 250W Frente Driving V-Brake Hub MotorRPM: 328
Controlador - KU63 250W 6Mosfets Controlador de Alta Velocidade - Tensão: 36VKU63
Metade do acelerador torção
Tensão: 36VFT29XDX + T288

Será que em termos elétricos tudo é compatível? Que acha sobre a autonomia e aceleração?

Quais as vantagens ou desvantagens de colocar na roda dianteira ou traseira?

O transporte mais barato será fiável? Quanto tempo demoram em média?

Obrigado

Rui


Informação

Viva, tenho interesse em montar uma bike elétrica, tentei entra no site bmsbattery.com  mas não consegui.

esta mal digitado?

cumprimentos

eaf39@hotmail.com

Emilio

 

 

Taxas alfandega

Boas.

Antes de mais parabéns pelo excelente trabalho! Depois de ver os seus "posts" fiquei tentado em "kitar" a minha bicicleta.

Qual foi o valor que pagou de taxas de alfandega do material que refere encomendado à BMS? E qual a transportadora escolhida no site da BMS no acto da compra?

Cumpts,

Luís Augusto

Kit eléctrico

Boa tarde,

Obrigado pela amável resposta, se calhar ir aí fazer uma prova de atletismo a um Domingo, talvez a meia de Ovar, contactarei para o seu e-mail.

Atentamente,

Luis Parro

Olá Luís.Lamento mas não

Olá Luís.

Lamento mas não tenho disponibilidade, ultimamente não tenho tido tempo livre nenhum. Se for a um domingo à tarde poderá ser, durante a semana não poderei mesmo. Contacte-me para o meu e-mail casainho@gmail.com se quiser se encontrar a um domingo à tarde.

Kit eléctrico

Bom Dia,

Tenho acompanhado este seu projecto e estou tentado a "copiar" a sua ideia. Também tenho algumas duvidas sobre em qual site adquirir o material necessário. Outra é se o motor já vem montado na roda ou não. A ideia tem germinando e ontem conduzi uma e-bike daquelas da Norauto(RPC) e fiquei maravilhado com a prestação e aquilo pesa cerca de 30 Kg. Penso a sua completa não chegará aos 20Kg, é que eu terei de a levar para casa no elevador. Peço-lhe o favor de um dia destes(costumo ir a Aveiro com frequencia em serviço da empresa)quando for aí á sua zona se poderemos falar e até ver ao vivo a Bike. Desde já agradeço a disponibilidade e parabéns pelo projecto.

Atentamente

Luis Parro - Lisboa 

autocaravanista

tenho uma bicicleta e comprei uma autocaravana. estou a pensar montar um motor eletrico. estas ideias foram fantasticas. Vou por mãos à obra.

 

Não recebi nada. Sim, pode

Não recebi nada. Sim, pode enviar e-mail para: casainho@gmail.com

Gostava de falar consigo

Gostava de falar consigo sobre um possivel negocio.

Mandei um email.

Guedes

Então, aconselho-te a falares

Então, aconselho-te a falares com o Paulo Fernandes para trocarem informações. As vossas necessidades, que são semelhantes, é que vão ditar a potência de motor e bateria necessárias.

Podem também tentar fazer comparações com a potência das scooter eléctricas que são vendidas. Eu testei uma de 2000W nas ruas planas aqui de Aveiro... e ela mantinha os 45km/h em recta, com vento forte em sentido contrário! Os 45km/h é limitação imposta, devido à lei a que o obriga.

Eu como o Paulo Fernandes,

Eu como o Paulo Fernandes, sou um newbie nestas coisas e tenho um percurso semelhante ao dele na zona de Lisboa com alguns Km de subidas muitos inclinadas, pelo que pediria ajuda sobre o que encomendar (com um motor mais forte que 250W. Provavelmente necessito de 750W ou mesmo 1000W para fazer subidas na zona do Castelo em Lisboa) para montar na minha bicicleta normal de roda 26.

Obrigado.

Sim, claro! Isso vem por uma

Sim, claro! Isso vem por uma transportadora, demora em média 1 semana e são vários kilos!!! A bateria e aro com o motor, pesam e ocupam muito. Não há milagres...

Os Portes são caros

Boas amigo,estive a ver o material que precisava e fiquei a bater mal foi com os portes..118€??? 

Custa quase tanto o material como os portes  heheheeheh

Obrigado

Obrigado!

Mas o risco é que se correr bem ganhamos muito dinheiro,porque noutras lojas é muito mais caro e aqui na zone nem sei se tem alguma coisa disto.

Mas como voçê me diz que isto até é bom (por isso já fez várias alterações) eu tambem tenho de experimentar.

Quanto ao risco se é por causa da montagem, acho que não devo ter problema.

Eu sou marceneiro e arranjo computadores instalo sistemas de som e imagem nas horas vagas etc...faço de tudo...

Mais uma vez obrigado e vou ver como andam as finanças para mandar vir o material.

Compraria um kit o mais

Compraria um kit o mais semelhante possível ao que uso actualmente.

Temos de perceber que há um grande risco envolvido... é mais seguro se contractar o serviço numa loja com profissionais e com experiência neste assunto.

Foi rápido!!

Obrigado pela rápida resposta.

Quanto ao suporte para a bateria eu faço.

Se eu comprasse um  EBike Kits  qual me aconselhava (já vem com a roda montada) e como fivava a sua lista, visto já ter o kit.

Desculpe mas estou a começar nisto e não queria comprar e depois voltar a comprar porque o material não é compativel.

Obrigado!

Nessa lista, falta o suporte

Nessa lista, falta o suporte para a bateria.

Para saber o custo dos portes tem de fazer a encomenda e seguir até à altura em que tem de escolher as várias opções, aí fica a saber o que procura.

Muito bom!

Muito bom este trabalho.

Tenho uma duvida....o material para meter a bicicleta a funcionar segundo o que vi na lista fica em 286.5€ porque tem lá dois motores e só precisa de um.

Será que estou enganado?

Eu estou bastante interessado em montar um sistema destes mas queria montar só com o minimo para funcionar (o dinheiro não anda por aqui)

mas se este material por este preço desse para funcionar bem então já dava para eu lá chegar.

Será isto?

24V 25Ah Li-Ion Alloy Shell Battery Pack - AC Voltage : 200V~264V (em utilização)

Q85 250W Front Driving Disc-Brake Hub Motor, For Wheel(rim) size: 16 - Plug : Sensorless Waterproof Plug.

Hall Sensor/Sensorless 250Watts Brushless Hub Motor Controller (em utilização)

Wuxing Twist Grip Throttle with Battery Meter (em utilização)

Brake Grip (em utilização)

Isto dá um total de 286.5€ ?

só isto que é preciso?

quanto levam de portes para Portugal?

Muito Obrigado!

Sim, sim, deve andar por

Sim, sim, deve andar por $400.

Custos...

Acho uma boa ideia, mas pelas contas que fiz a coisa fica à volta de 400,00 dls, não ?

Cumprimentos

J Carvalho

Posso te dizer que também já

Posso te dizer que também já tive de fazer fisioterapia há uns anos atrás, ao meu joelho direito (desvio da rótula, em parte devido ao excesso de peso que tenho).

A bicicleta eléctrica, na minha opinião, é óptima para pessoas com algums problemas/dificuldades físicas, pois o motor eléctrico faz a maior força/apoio nos arranques.
O esforço que faço ao pedalar é baixo/médio e não tem grandes variações, creio que isso é bom para a minha manutenção física e minimiza possíveis problemas nos joelhos.

Obrigado

Obrigado pelo teu post! Eu também queria entrar no mundo das bicicletas eléctricas dado que o meu joelho direito não fica agradado quando faço um esforço extra. A partilha da tua experiência é um bom ponto de partida.

Atenção que actualizei a

Atenção que actualizei a lista de material! Estava-me a falta algumas coisas.

Esclarecido

Olá

 

Só o controlador veio com um

Só o controlador veio com um esquema/indicações. Acho que basta um voltímetro, chaves de fenda e estrela, alicate e x-acto, para conseguir ligar todo o sistema.

2 fios (+ e -) da bateria ligam ao controlador. Depois, 3 fios ligam o motor ao controlador.

Os travões, têm interruptores que se ligam imediatamente quando travamos (com o objectivo de desligar imediatamente o motor quando travamos). Os fios dos travões ligam ao controlador, sendo que o controlador/sistema funciona sem que os travões sejam ligados.

Finalmente, o acelerador é ligado ao controlador e é necessário para accionar o motor/sistema. Este acelerador é como se fosse um potenciómetro: uma tensão de ~5 volts vem do controlador para o acelerador e o acelerador devolve ao controlador uma tensão que varia linearmente com a posição do acelerador: 0 volts com o acelerador no mínimo e ~5 volts com o acelerador no máximo.

Todas as ligações têm fichas únicas, o que evita enganos/problemas.

Agradecimento

Olá Casainho, Pela 2ª. vez estou a tentar agradecer-lhe pela lista que disponibilizou. Já serve como referência para as minhas possíveis opções. Já agora, o material vem com esquemas para a respectiva montagem? Mais uma vez, agradeço a sua atenção. Paulo Fernandes

Olá Eu estudei na ESTGA e

Olá :-)

Eu estudei na ESTGA e sempre morei em Águeda, agora moro em Aveiro (e estou desempregado).

Preferia falar pessoalmente, seria muito mais fácil de explicar e poderia lhe mostrar a minha bicicleta, incluse, poderia experimentá-la. Contacte-me para: casainho@gmail.com

duvida - motor

Viva,

Post excelente! Projecto bastante interessante!

Vou dar uma vista de olhos no site q recomenda.

Tb sou de Aveiro, faço o percurso Aveiro => Águeda (ESTGA) uma a duas vezes por semana, mas dado os horários q tenho n convém ir de bike...

no entanto, nos dias q n vou pra águeda queria ir de casa (perto do jumbo) para a Zona Industrial Taboeira para poupar uns euros em combustível.

que motor aconselha? dada a distância n pretendo grande autonomia pois são 7-8 kms pra cada lado. mas pretendo velocidade :)

que sugere?

Abraço e parabéns pelo partilha de conhecimento!

 

Ok, vou fazer a lista de

Ok, vou fazer a lista de componentes que comprei. Note que eu comprei alguns componentes a mais, como o exemplo do motor (actualmente tenho 3 motores dos quais sou estou a utilizar 1).

A minha bateria de 24V 25Ah, é a que tem mais capacidade à venda na loja e pesa 5kg! O meu percurso é quase todo plano e a bateria já chega quase descarregada ao fim dos 50km, pelo que duvido que seja solução para o seu caso em que 15 Kms. são constituidos por subidas que mais parecem paredes.

Recentemente experimentei uma scooter eléctrica, de uma empresa que vende aqui em Aveiro: http://www.wattmove.pt/ . A autonomia dela nas estradas "planas" aqui de Aveiro é de 40km. A velocidade máxima é de 45km/h (limitada ao valor legal de scooter).

Bicicleta eléctrica

Olá,

O seu testemunho é excelente! Gostava muito de também kitar a minha bicicleta electricamente falando, é claro! Já visitei o site onde adquiriu o seu kit, mas devo confessar que me senti um pouco perdido e muito ignorante.

Por isso, peço a sua ajuda: será que é possível referenciar tudo aquilo que preciso comprar levando em conta a necessidade de um motor com mais força do que de velocidade em virtude de uns montes que preciso transpor. A distância a percorrer é idêntica à sua: de Sintra a Lisboa são 25 kms, dos quais 15 Kms. são constituidos por subidas que mais parecem paredes.

Já fiz várias vezes este percurso de bicicleta e levo cerca de uma hora e meia! Se houvesse uma ajudita adicional, seria muito apreciado...

Portanto, naquilo que o meu amigo puder ajudar, agradecia imenso.

Atentamente

Paulo Fernandes