O Site MCpt é participativo. Regista-te.

  O Registo agora é simples pois, depois de um largo período com restrições ao registo, agora o site tem várias proteções que permitem a defesa em relação a «robôs» que constantemente criavam falsos utilizadores... Enfim voltamos ao estado original do site, por isso o apelo: Regista-te e Participa * Insere Conteúdos e Comentários... Clica em «Criar uma nova conta» no menu esquerdo do site... (Se já estiveres inscrito não te preocupes; acede e participa simplesmente)

o blogue de anabananasplit

Novo projecto colaborativo: Velocípedes e a Multimodalidade em Portugal

Chateia-me solenemente não poder viajar de bicicleta pelo país em regime de co-modalidade com o comboio. Parece-me uma combinação perfeita mas a CP parece viver na Idade das Trevas e não consegue ver o potencial da coisa. Por isso há que fazer lobby para que esse potencial seja percebido e explorado, servindo assim os ciclistas, um grupo actualmente desprezado nas ligações de longo curso, e apenas tolerado nas urbanas.

Ora, para fazer lobby temos que saber do que raio estamos a falar, pelo que a compilação do estado actual de coisas deverá ser, a meu ver o primeiro passo. Como tal, perdi umas horas valentes a dar o pontapé de saída disto:

Velocípedes e a Multimodalidade em Portugal

Não respeita apenas às bicicletas & comboios, mas tem a ambição de incluir todos os meios e operadores de transporte (epá, se é pra fazer, aim for great! De língua para fora). Comecei com a CP.

A Bicicletada de Março em Lisboa

Girls on Critical MassQuem não foi, pode ter uma ideia de como foi pelas fotos. Sorrindo

Não chegámos aos 100, ainda, mas 54 é fixe para Março.

E tivemos a presença dos media, hoje foi publicado um artigo sobre esta Massa Crítica. Sorrindo

Já agora, as estatísticas em gráfico, cortesia do João Lopes para a lista da MC - a 11 de Dezembro de 2008. Junho e Setembro têm claramente o top de adesão.

 

 

 

statsMC1

Nós por Cá na Massa Crítica de Lisboa

Vejam o vídeo aqui. Já adicionei à página de clipping da MC. Sorrindo

Massa Crítica natalícia em Lisboa

Partimos do Marquês por volta das 18h45 (nessa altura alguém contou 35 pessoas). Desde o início contámos com a companhia da jornalista Carla Castelo e de um cameraman  que participaram na MC até à chegada ao Rossio.

A ideia penso que era arranjar footage para uma reportagem a emitir daqui a uns tempos, cujo mote foi a petição do João Branco pela inclusão das bicicletas na possibilidade oferecida pelo Governo de deduzir despesas com veículos não poluentes ou eléctricos no IRS.

A descer a Av. da LiberdadeA Carla Castelo ia entrevistando o MiguelCameraman à boleia na Xtracycle do Bruno

 

 

 

 

 

Cicloficina

logo cicloficina lisboaJá é oficial, a Cicloficina está em processo de ressuscitação! Sorrindo Para estabelecer e consolidar a identidade, a "marca" Cicloficina, montámos um site para o projecto, para animar a cena e para servir de meio de divulgação e referência. Para começar slow & easy está prevista uma sessão mensal fixa, a ter lugar na Crew Hassan, em Lisboa, sempre no 3º Domingo de cada mês (um aperitivo para a Bicicletada!), entre as 14h30 e as 16h30. A próxima será no dia 21 de Dezembro. Apareçam para dois dedos de conversa. Piscadela

Para verem mais fotos e relatos da primeira (decorrida no passado domingo, dia 16 de Novembro), espreitem o blog.

Cicloficina de Novembro (Lisboa)Cicloficina de Novembro (Lisboa)Aha! Uma relíquia "Modelo Sport" preservada!

Para um pouco de história, vejam este post do Ricardo.

Encontro informal à volta do tema da bicicleta, em Lisboa

Quando: amanhã, domingo dia 13 de Janeiro de 2008, a partir das 16h e pela tarde/noite dentro

Onde: Centro Social da Mouraria (um projecto criado e dinamizado pelo GAIA), no Grupo Desportivo da Mouraria, Travessa da Nazaré, 21, 1º, Lisboa (Metro: Martim Moniz)

Quem vai: pessoas interessadas e/ou envolvidas na temática da mobilidade sustentável, nomeadamente baseada na bicicleta, participantes e activistas da Massa Crítica.

Objectivos: é um encontro informal pensado para as pessoas se conhecerem e conviverem um pouco fora dos canais da internet e dos encontros da Massa Crítica, não há agenda de trabalhos, mas aqui fica uma lista de possibilidades:

    Massa Crítica

  • discutir e definir estratégias para promovê-la em Lisboa (durante os eventos e previamente aos mesmos - media)
  • escolher temas para as restantes Bicicletadas de 2008
  • conversar sobre o melhoramento do site
  • distribuição de panfletos e cartazes e/ou preparação dos mesmos no local (trazer material como stencils, sprays, etc)

  • Código da Estrada Estudar as possibilidades e discutir as estratégias para tornar isto (ver o ponto 2) numa oportunidade para reivindicar isto. Discutir outras alterações relevantes ao Código da Estrada a reivindicar.

    Terceira Travessia sobre o Tejo
    Discutir ideias e estratégias para fazer lobby para que se planeie e execute este novo acesso para ser inclusivo com os modos suaves: a pé e bicicleta (via partilhada peões/bicicletas, segregada das vias rodo- e ferroviárias).

Pelas 20h-21h haverá jantar vegano, sendo que a contribuição para o mesmo fica em 2 € ("inscrições" com o Luís Ayres: 965686507 que, a propósito também aceita ajuda na preparação do jantar).

Documentar o uso da bicicleta

O número de pessoas a circular de bicicleta num contexto utilitário e de lazer, quotidianamente, está a aumentar. Sorrindo Já me aconteceu até ser
ultrapassada na estrada por outro bike commuter (algo quase que probabilisticamente impossível aqui há uns anos atrás). Piscadela Outra coisa que tenho notado é um aumento de frequência de automobilistas que abrandam e/ou dão espaço nas ultrapassagens. Ainda há quem apite, mande vir, faça razias ou passe a abrir, mas tenho a impressão que o cenário geral está a melhorar e isso só pode ser um sinal de esperança. Sorrindo

Na estação de comboios de Oeiras o parque de estacionamento para bicicletas está quase sempre com a lotação esgotada, e encontram-se bicicletas presas a postes e gradeamentos por todo o lado ao redor.

Conteúdo sindicado